Campinas, 17 de Agosto de 2018
COMÉDIA SOBRE SEXO NO CASAMENTO EM CAMPINAS
22/01/2018
Aumentar fonte Diminuir fonte
Depois de uma temporada de sucesso na cidade de São Paulo em 2017, é a vez de Campinas descobrir se “Existe sexo depois do casamento?”, uma divertida comédia de Jeff Gould com direção de Isser Korik, em únicas apresentações nos dias 27 e 28 de janeiro, sábado às 21h e domingo às 19h, no Teatro Castro Mendes em Campinas.

O espetáculo faz parte da programação da Campanha de Popularização do Teatro de Campinas e possui ingressos à venda com preços populares e promocionais no valor de R$15,00. Duração: 80 minutos / Classificação indicativa: 14 anos

 A peça traz à cena uma divertida situação em que os personagens avaliam como ficou a sexualidade após o casamento. O espetáculo mostra como os personagens lidam com seus desejos e fantasias, confrontando com os padrões de comportamento impostos socialmente aos casais. “Cada casal tem seu pacto na relação. A peça mostra isso e as possíveis reações dos personagens diante deste dilema entre a liberdade e as regras de fidelidade”, comenta o diretor Isser Korik.

 Na peça, Bia é uma mulher lúcida, inteligente e engajada por fazer do mundo um lugar melhor. Ela é esposa de Jorge, um homem sonhador, de temperamento agradável e muito interessado em apimentar a sua vida sexual. Bia e Jorge são amigos de Zé, um homem charmoso, apaixonado por sua mulher Cris, que é sexy, otimista e muito feliz com seu casamento.

A trama tem outro casal formado por Luís, esperto, brincalhão, que adora provocar sua sarcástica esposa Suzy, que não perde uma oportunidade para trocar alfinetadas com Luís. Para divertir, trazer mais informações à trama e também para confundir a cabeça dos casais, entram em cena os personagens Beto, Tammy, Léo, Laura e Gabi.

A montagem apresenta uma estética realista, com características do teatro popular. “As piadas são mais explícitas e os atores tem atuação mais solta”, explica o diretor, que no ano passado traduziu e dirigiu a comédia “Jogo Aberto” (It´s Just Sex), do mesmo autor. A peça esteve em cartaz no Teatro Folha em temporada de sucesso e viajou pelo interior do Estado. “A primeira parceria com a peça Jogo Aberto foi tão boa que Jeff Gould apostou no projeto Berçário Teatral e disponibilizou outro texto de sua autoria”, conta.

 

SOBRE O AUTOR:

Jeff Gould trabalhou como ator em diversas peças. A sua primeira peça “Troubled Waters” foi bem recebida pela crítica e teve uma temporada de muito sucesso em Studio City, Califórnia. O autor diz que adora escrever sobre sexo e casamento. Como resultado de seu interesse pelo tema, escreveu “Jogo Aberto” (It´s Just Sex). A peça foi encenada com várias produções bem sucedidas em Los Angeles, Denver (Colorado) e também nas cidades de Ontário (Canadá) e Atenas (Grécia). No Brasil, a peça foi traduzida e dirigida por Isser Korik em 2016, com temporadas em São Paulo, Rio de Janeiro e outras cidades.

SOBRE O DIRETOR:

Diretor, ator, produtor, tradutor e dramaturgo. É diretor artístico da produtora Conteúdo Teatral e do Teatro Folha. Coleciona trabalhos marcantes como comediante em quase 30 anos de carreira, como, “Vacalhau & Binho”, de Zé Fidélis, que permaneceu oito anos em cartaz; “O Dia que Raptaram o Papa”, de João Bethencourt; “E o Vento não Levou”, de Ron Hutchinson, entre outros.

Serviço:

Data: 27 e 28 de Janeiro

Horário: Sábado às 21h e Domingo às 19h

Local: Teatro Castro Mendes

End: Rua Conselheiro Gomide, 62 – Vila Industrial

Informações: (19) 3272-9359

Valores:

Inteira: R$30,00

Meia-entrada / Antecipado (até 01 dia antes do espetáculo): R$15,00

Vendas:

Na bilheteria do teatro de terça à domingo das 16h às 20h

 

  Última edição  
  Edição 121 - 26/05/2018 - Clique para ler  
© 2018 - Jornal Alto Taquaral - CG Propaganda